Quinta, 02 de Julho de 2020
(32) 9 9970 1001
Geral Blog

Atenção poupadores

Cabe então aos poupadores refletir se desejam fazer parte deste engodo.

15/02/2019 10h57 Atualizada há 1 ano
529
Por: Gabriel Duarte Fonte: Andrei Colli
Atenção poupadores

O divulgado e muito aguardado acordo dos planos econômicos na verdade não passa de mais uma armadilha para lesar a população brasileira. Explico.

Na plataforma digital[1] feita para o público, consta a seguinte informação: “Não haverá desconto para quem tiver até R$ 5 mil para receber. Quem tiver entre R$ 5 mil e R$ 10 mil para receber terá um desconto de 8% sobre o valor. Na faixa de R$ 10 mil a R$ 20 mil, o desconto será de 14% e para quem precisa receber mais de R$ 20 mil será descontado 19% do valor “.

Ocorre que numa simples simulação feita pelo POUPNET[2] (Plano Verão), elaborada pela Justiça Federal da 4ª Região, e amplamente utilizada para os cálculos dos valores devidos em demandas judiciais, temos que um poupador com NCz$ 1.000,00 de saldo em 15/01/1989 teria direito a R$ 11.410,90 se a correção for feita pela poupança.

Enquanto isso, na plataforma digital do acordo, o multiplicador para o Plano Verão informado é de 4,09818, o que significa que para a mesma quantia de NCz$ 1.000,00 será oferecido um acordo no valor de R$ 4.098,18, ou seja, apenas 35,9146% do valor devido.

Portanto, na faixa dos valores de até R$ 5.000,00, o real desconto aplicado é de 64,0854%, ao contrário do que foi divulgado, de que não haveria desconto algum para o teto de cinco mil reais.

O pior é que tal acordo (que, como explicado, só beneficia os bancos) está sendo referendado pela Advocacia-Geral da União e também pelos institutos que defendem os poupadores, tais como o IDEC (Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor).

Cabe então aos poupadores refletir se desejam fazer parte deste engodo.

Por fim, fica o aviso de que vários “atravessadores” vêm importunando os poupadores com promessas de liberação do dinheiro imediata, dentre outras falácias. Recomendo muito cuidado, principalmente no que se refere à transmissão de informações e documentos pessoais. Na dúvida, procure sempre a orientação de um advogado de sua plena confiança.



[1] https://www.pagamentodapoupanca.com.br/

[2] https://www2.jfrs.jus.br/poupnet-programas-on-line-para-calculo-de-diferencasexpurgos-de-poupanca/

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.