Sexta, 25 de Setembro de 2020
(32) 9 9970 1001
Geral Coronavírus

Fiscalização recolhe máscaras e álcool em gel de procedência duvidosa em estabelecimentos de VRB

OPERAÇÃO TEM OBJETIVO DE VERIFICAR COMÉRCIO DE PRODUTOS INDICADOS PARA PROTEÇÃO CONTRA O CORONAVÍRUS

30/03/2020 07h45
601
Por: Ubá Em Foco Fonte: Assessoria de Comunicação VRB
Fiscalização recolhe máscaras e álcool em gel de procedência duvidosa em estabelecimentos de VRB

Após denúncias na manhã deste sábado (28), as equipes de fiscalização da Prefeitura de Visconde do Rio Branco realizaram diligências para verificar uma possível comercialização de produtos de procedência duvidosa, indicados para a proteção contra o novo Coronavírus. Durante a operação, que percorreu diversos estabelecimentos da cidade, os servidores constataram irregularidades em um lote de máscaras descartáveis, que não continha nenhuma informação sobre sua fabricação, e também em uma remessa de álcool em gel, que estava armazenado em recipientes semelhantes aos utilizados para acondicionamento de enxaguante bucal. Ambos os materiais foram recolhidos e destinados ao Setor de Vigilância em Saúde.

A Coordenadora da Vigilância Sanitária Municipal, Vanessa Cortez, que está atuando na força tarefa para fiscalizar o cumprimento das determinações estabelecidas no decreto 039/2020, detalhou o desenrolar da ação. “Fomos acionados pelo fato de alguns estabelecimentos estarem vendendo máscaras sem registro na Anvisa e no Inmetro. Fiscalizamos as farmácias e em apenas uma encontramos três caixas deste produto, que não tinha nota fiscal e em função disso fizemos o recolhimento. Recebemos uma outra denúncia dando conta de que também havia o comércio de álcool em gel de origem suspeita e este foi o material que mais encontramos em farmácias e mercados. O CNPJ informado nas embalagens do álcool foi consultado pelo Setor de Tributação do município e indicava ser de uma empresa de comércio varejista e dentro dessa atividade, só pode existir o repasse de mercadorias e não a fabricação. Diante disso, retiramos o produto de circulação por nele não conter nenhum selo ou especificação que garanta a sua qualidade”, informou.

SERVIÇO:
Disque denúncia da Fiscalização
Telefones: (32) 99931-0080 e (32) 98710-9221

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.