Sábado, 31 de Outubro de 2020
(32) 9 9970 1001
Geral Laranjal

Prefeito de Laranjal é indiciado por apropriação indevida de rendas de exposição agropecuária

O prefeito de Laranjal, na Zona da Mata mineira, foi denunciado, nessa segunda-feira, 9 de março, pelo Ministério Público de Minas Gerais (MPMG).

11/03/2020 17h09
5.110
Por: Ubá Em Foco Fonte: Ministério Público de Minas Gerais
Prefeito de Laranjal é indiciado por apropriação indevida de rendas de exposição agropecuária

Ele é acusado de, nos anos de 2017 e 2018, no exercício do cargo, apropriar-se, de forma indevida, de parte dos valores arrecadados com a exploração de estacionamento durante a 29ª e 30ª edições da Exposição Agropecuária de Laranjal.

Conforme investigado, a arrecadação do dinheiro era feita, por ordem do prefeito, por servidores da prefeitura local escalados para trabalhar na limpeza do evento. A cobrança pelo uso do estacionamento era realizada às sextas e sábados, nos valores de R$10 para motocicletas e R$20 para os demais tipos de veículos.

Segundo a denúncia, os servidores ficavam com 70% do valor arrecadado e o prefeito, com 30%. Em 2017, por exemplo, cada servidor recebeu R$402. O prefeito, por sua vez, recebeu cerca de R$1500 em cada edição do evento. Durante as investigações, o próprio chefe do Executivo confessou ter se apropriado das quantias.

“A conduta do prefeito de Laranjal produziu enriquecimento ilícito e dano ao erário, uma vez que, ao se apropriar de parte da renda com a exploração do estacionamento oficial do Parque de Exposições, por dois anos consecutivos, o Município deixou de arrecadar verba que deveria ser destinada à serventia pública”, afirma trecho da denúncia.

O MPMG pede a condenação do prefeito pela prática dos crimes previstos nos incisos I e II do artigo 1º do Decreto-lei 201/1967 - que prevê pena de reclusão de dois a 12 anos -, na forma do artigo 71 do Código Penal.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.